A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Trabalho, educação e saúde: o ponto de vista enigmático da atividade

  • Jussara Brito
  • Milton Athayde
  • Jussara Brito

    Doutora em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz, com pós-doutorado em Ergologia - Análise Pluridisciplinar de Situações de Trabalho pela Université de Provence/França. Pesquisadora do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, Escola Nacional de Saúde Pública

    Milton Athayde

    Doutor em Engenharia de Produção (Gerência da Produção/Ergonomia) pela Coppe/UFRJ, com pós-doutorado em Ergologia - Análise Pluridisciplinar de Situações de Trabalho pela Université de Provence/França. Docente do Instituto de Psicologia/ Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, Universidade do Estado do Rio de Janeiro



Resumo

Propomo-nos, aqui, a refletir sobre trabalho-educação-saúde a partir de um programa que conjugou pesquisas e formação de trabalhadores de escolas públicas sobre as relações saúde-trabalho, cuja perspectiva epistemológica estava centrada na atividade de trabalho e na confrontação entre conhecimento científico e saberes e indagações advindas da experiência dos trabalhadores. Constituindo uma 'comunidade ampliada de pesquisa', que associa pesquisadores e trabalhadores, pretendemos contribuir para a compreensão das dinâmicas e condições que podem gerar sofrimento e conduzir ao adoecimento ou, em contrapartida, possibilitar a emergência de estratégias de afirmação da vida e da saúde, considerando os conflitos de valores presentes nas situações de trabalho do serviço público. Buscamos, sobretudo, contribuir para a identificação das questões efetivas a serem enfrentadas com vistas às mudanças que os trabalhadores considerem prioritárias. Ao descrever esse programa e apresentar alguns elementos relativos à sua evolução e a seus resultados, sinalizamos a necessidade de construção de métodos de pesquisa segundo a premissa de que os trabalhadores detêm uma experiência e um tipo de saber imprescindíveis para compreender essa relação sempre enigmática entre saúde e trabalho na perspectiva de promoção da saúde e da afirmação da vida.

Palavras-chave

trabalho em escola,
saúde do trabalhador,
gênero,
formação,
comunidade ampliada de pesquisa

Download


Métricas

  • Visualizações - 50

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio