A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Comunidade de prática e cuidado em saúde mental: uma revisão sistemática

  • Taís Quevedo Marcolino
  • Eliane Nascimento Fantinatti
  • Alana de Paiva Nogueira Fornereto Gozzi
  • Taís Quevedo Marcolino

    Universidade Federal de São Carlos, Departamento de Terapia Ocupacional, São Carlos, São Paulo

    Eliane Nascimento Fantinatti

    Universidade Estadual de Campinas, Residência Multiprofissinal em Saúde Mental e Saúde Coletiva, Campinas, São Paulo

    Alana de Paiva Nogueira Fornereto Gozzi

    Universidade Federal de São Carlos, Departamento de Terapia Ocupacional, São Carlos, São Paulo



Resumo

O cuidado em saúde mental é dependente de recursos humanos qualificados para responder dinamicamente às necessidades dos usuários dos serviços.
A qualificação desse cuidado pela reflexão sobre os processos de trabalho é essencial para a efetivação da mudança para uma perspectiva comunitária e biopsicossocial. A comunidade de prática é um referencial teórico-metodológico que fomenta a aprendizagem colaborativa por meio do engajamento mútuo em projeto comum e da negociação de significados. A pesquisa teve por objetivo sistematizar a utilização da comunidade de prática para melhoria do cuidado em saúde mental via revisão sistemática no Portal de Periódicos da Capes e na Biblioteca Virtual em Saúde, em março de 2015. De 19 artigos encontrados, nove foram selecionados para análise. Os estudos avaliaram positivamente a comunidade de prática para melhorar os serviços oferecidos
à população, oferecer capacitação com especialistas e implementar novos métodos de trabalho. Destacaramse fragilidades (recursos financeiros, desalinhamento inicial entre os participantes, conflitos grupais) e potencialidades (engajamento real dos participantes; participação virtual; acesso a especialistas; integração de profissionais, usuários e familiares num único projeto; necessidades formativas em contexto). Espera-se elucidar possibilidades para a criação de estratégias formativas e investigativas para educação permanente em saúde mental.

Palavras-chave

Saúde mental,
Educação permanente,
Comunidade de prática,
Recursos humanos em saúde,
Prática profissional

Download


Métricas

  • Visualizações - 148

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio