A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Economia popular e educação: percursos de uma cooperativa de reciclagem de lixo no Rio de Janeiro



Resumo

Este artigo busca analisar as práticas de uma cooperativa de reciclagem de lixo situada na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, enfocando a organização e as relações de trabalho; os saberes produzidos nos processos de trabalho e as redes de ação coletiva estabelecidas com a comunidade. Os dados foram obtidos através de entrevistas realizadas com os cooperados e suas lideranças e com os técnicos da ONG Autre Terre, que apoia o projeto. Os resultados da pesquisa qualitativa apontam que esta experiência de economia popular e solidária tornou-se uma alternativa de inclusão social, gerando trabalho e renda, além de saberes e valores, na perspectiva de uma educação popular crítica. Nas relações da cooperativa com a comunidade são estabelecidas redes de ação coletiva, resgatando-se o espaço público, no qual a publicização da diversidade de ideias e concepções pode viabilizar o exercício da cidadania.

Palavras-chave

economia solidária,
educação popular,
movimentos sociais,
cooperativismo

Download


Métricas

  • Visualizações - 22

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.