A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Educação em saúde e cidadania: revisão integrativa

  • Viviane Ferraz Ferreira
  • Genylton Odilon Rêgo da Rocha
  • Márcia Maria Bragança Lopes
  • Milena Silva dos Santos
  • Shirley Aviz de Miranda
  • Viviane Ferraz Ferreira

    Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal do Pará

    Genylton Odilon Rêgo da Rocha

    Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil Doutor em Geografia pela Universidade de São Paulo e pós-doutor pelo Institut National de Recherche Pédagogique, França

    Márcia Maria Bragança Lopes

    Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil. Doutora em Filosofia da Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina.

    Milena Silva dos Santos

    Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil Mestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará.

    Shirley Aviz de Miranda

    Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil. Mestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará.



Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma revisão integrativa de literatura sobre educação em saúde e cidadania, que buscou conhecer e analisar as diferentes contribuições científicas disponíveis. A educação em saúde reflete uma estratégia que almeja um cidadão coautor do processo de construção do cuidado à sua saúde. Utilizouse para a coleta de dados a base Lilacs (Literatura LatinoAmericana do Caribe em Ciências da Saúde) no período de 2000 a 2011, totalizando 79 produções. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, a amostra final incluiu dez publicações. A pesquisa trouxe a prevalência de estudos da natureza artigo, apresentando mais de três autores, com predominância de docentes e produção do tipo revisão teórica. As categorias que emergiram do estudo foram: educação em saúde - historicidade e bases conceituais; e educação popular como geradora de cidadania. As evidências mostraram o processo histórico das políticas de saúde e o surgimento dos movimentos sociais voltados para as necessidades da população. Destacaram também que a educação permanente em saúde proporciona a construção de novos saberes, mediante a junção de conhecimentos científicos e de saberes populares. Manifestaramse na literatura contribuições relevantes sobre a educação em saúde, por ser uma prática emancipadora do sujeito, atuando como espaço gerador de cidadania.

Palavras-chave

educação em saúde,
cidadania,
educação

Download


Métricas

  • Visualizações - 210

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.