A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Validação do modelo lógico de implementação da Política de Educação Permanente em Saúde na Atenção Primária

  • Lorena Ferreira
  • Mariamélia Santos Ribeiro
  • Leda Zorayde de Oliveira
  • Ana Rosa Murad Szpilman
  • Carolina Dutra Degli Esposti
  • Marly Marques da Cruz
  • Lorena Ferreira

    Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, Brasil

    Mariamélia Santos Ribeiro

    Universidade Federal do Espírito Santo, Graduação em Odontologia, Vitória, Espírito Santo, Brasil

    Leda Zorayde de Oliveira

    Fundação Oswaldo Cruz, Diretoria de Planejamento, Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional, Rio de Janeiro, Brasil.

    Ana Rosa Murad Szpilman

    Universidade Vila Velha, Vila Velha, Brasil.

    Carolina Dutra Degli Esposti

    Universidade Federal do Espírito Santo, Departamento de Medicina Social, Vitória, Brasil.

    Marly Marques da Cruz

    Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, Brasil



Resumo

O objetivo foi descrever o processo de validação do modelo lógico de implementação da Política de Educação Permanente em Saúde na Atenção Primária no município de Vitória, Espírito Santo. Estudo de avaliabilidade, com utilização de técnicas quantiqualitativas. Usou-se a técnica de Delfos com 15 especialistas (municipais e estaduais), no período de janeiro a junho de 2019. Os participantes classificaram os componentes estruturais, atividades e produtos necessários para implementação da Política e seus respectivos resultados e impactos. Houve consenso sobre os itens que alcançaram mais de 80% de concordância, confirmados pela análise da mediana e do intervalo interquartil. Os resultados foram organizados segundo os componentes técnicos. Os recursos financeiros e humanos foram considerados imprescindíveis. No que tange aos processos, os itens julgados relevantes para implementação da Política foram: construção coletiva das ações de Educação Permanente em Saúde e elaboração de documento que oriente as ações no município e instrumentos de avaliação. Os itens referentes aos resultados e impacto foram considerados relevantes, exceto aqueles relacionados à organização e à estruturação da Política em níveis estadual e regional. O modelo lógico validado configurou-se como uma contribuição para a gestão da Política de Educação Permanente em Saúde em Vitória.

Palavras-chave

Educação profissional em saúde pública,
Educação Permanente,
Política de Saúde,
Atenção Primária à Saúde,
Estudos de Validação

Download


Métricas

  • Visualizações - 97

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.