A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Violência no trabalho em saúde: análise em unidades básicas de saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais

  • Cássia Beatriz Batista
  • Augusto de Souza Campos
  • Juliana do Carmo Reis
  • Virgínia Torres Schall
  • Cássia Beatriz Batista

    Professora da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), Belo Horizonte, Brasil. Mestre em Psicologia Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

    Augusto de Souza Campos

    Psicólogo e pesquisador na Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Mestre em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais

    Juliana do Carmo Reis

    Pesquisadora na Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e psicóloga da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

    Virgínia Torres Schall

    Psicóloga, pesquisadora titular, chefe do Laboratório de Educação em Saúde e Ambiente - Laesa, CPqRR/Fiocruz, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)



Resumo

O presente estudo buscou investigar e compreender a violência vivenciada em unidades básicas de saúde (UBSs) da perspectiva dos processos de trabalho em saúde. A caracterização da violência nesse contexto, ao identificar e compreender os elementos da produção desse fenômeno, contribui para o seu enfrentamento. De cunho descritivo-exploratório, para a coleta de dados a pesquisa utilizou grupos focais e entrevistas com usuários, trabalhadores e gestores do serviço de saúde. O estudo mostra as consequências e os impactos da violência nas UBSs, retratando atitudes geradas pelos episódios de violência, bem como ações preventivas e mecanismos de apoio e suporte. A análise dos resultados marca a necessidade de se fortalecer não só a humanização e a gestão do trabalho em saúde, mas também a formação dos profissionais, atrelada às melhorias nas condições e no ambiente de trabalho e, consequentemente, na prestação dos serviços de saúde.

Palavras-chave

violência no trabalho,
processo de trabalho,
saúde,
unidade básica de saúde

Download


Métricas

  • Visualizações - 23

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.