A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Nas trilhas da atividade: análise da relação saúde-trabalho de uma professora de educação física escolar

  • Ueberson Ribeiro Almeida
  • Ana Lucia Coelho Heckert
  • Maria Elizabeth Barros de Barros
  • Ueberson Ribeiro Almeida

    Membro do Laboratório de Estudos em Educação Física, do Centro de Educação Física e Desportos, da Universidade Federal do Espírito Santo (Lesef/CEFD/Ufes), e do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Subjetividade e Política, do Centro de Ciências Humanas e Naturais (Nepesp/CCHN), da Ufes, Espírito Santo, Brasil. Mestre em Educação Física pela Ufes

    Ana Lucia Coelho Heckert

    Professora do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Institucional da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Subjetividade e Política, do Centro de Ciências Humanas e Naturais (Nepesp/CCHN), da Ufes, Espírito Santo, Brasil. Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

    Maria Elizabeth Barros de Barros

    Professora do Departamento de Psicologia e dos Programas de Pós-Graduação em Educação e em Psicologia Institucional da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Espírito Santo, Brasil. Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com pós-doutorado em Saúde Pública pela Escola de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz (Ensp/Fiocruz).



Resumo

Trata-se de um estudo sobre a análise da atividade de uma professora de Educação Física em sua primeira experiência como docente em uma escola pública polivalente da rede estadual do Espírito Santo. Busca compreender como são engendradas as estratégias no cotidiano escolar que permitiram à professora produzir saúde e escapar ao adoecimento. A metodologia adotada se construiu com as ferramentas conceituais-metodológicas formuladas pela ergologia, combinando técnicas de produção de dados, como diários, entrevistas e autoconfrontação das mesmas. A análise da atividade docente constata a incessante luta da professora em meio aos usos de si por si e aos usos de si pelos outros.

Palavras-chave

atividade docente,
saúde,
educação física escolar

Download


Métricas

  • Visualizações - 38

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)