A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Afirmando um éthos de pesquisador em saúde: processos participativos de restituição de resultados de pesquisas

  • Joseane Pessanha Ferreira
  • Claudia Osorio da Silva
  • Maria Elizabeth Barros de Barros
  • Lúcia Rotenberg
  • Joseane Pessanha Ferreira

    Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Manguinhos, Rio de Janeiro, Brasil.

    Claudia Osorio da Silva

    Universidade Federal Fluminense, Centro de Estudos Gerais, Departamento de Psicologia, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil

    Maria Elizabeth Barros de Barros

    Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Humanas e Naturais, Departamento de Psicologia, Vitória, Espírito Santo, Brasil.

    Lúcia Rotenberg

    Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Laboratório de Educação em Ambiente e Saúde, Manguinhos, Rio de Janeiro, Brasil.



Resumo

Este estudo procurou abrir discussão metodológica nas pesquisas em saúde a partir de mal-estar provocado por diretriz dominante, para a qual há uma realidade pronta a ser desvendada, cabendo ao pesquisador acessá-la. Descrevemos um cultivo do processo investigativo por meio da devolutiva de resultados de pesquisa epidemiológica em hospitais públicos no Rio de Janeiro, entre 2010 e 2013. A devolutiva privilegiou o diálogo com trabalhadores da enfermagem segundo o conceito de restituição da análise institucional. Realizamos grupos de discussão de resultados e encontros de saúde do trabalhador de enfermagem, reunindo gestores e trabalhadores na pactuação de ações no campo da saúde do trabalhador. A participação desses atores transformou modos de pesquisar-intervir, considerando que práticas em saúde se fazem no encontro entre sujeitos. Mediante ferramentas comumente usadas para informação dos resultados, caminhamos da devolução meramente informativa à restituição participativa. Ao forjar de forma coletiva o processo de restituição, tensionamos pesquisas que tomam de forma dicotômica relações pesquisador-pesquisado, entendendo que metodologias e instrumentos surgem num processo de coengendramento. Tratou-se de transformar preocupações éticas dos pesquisadores em saúde em um éthos de pesquisador em saúde, segundo entendimento de que a pesquisa acontece no coletivo, que inclui pesquisadores e pesquisados na produção de um comum.

Palavras-chave

saúde do trabalhador,
psicologia,
restituição de resultados

Download


Métricas

  • Visualizações - 83

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)