A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

Educação permanente nas situações de trabalho de assistentes sociais

  • Rosa Maria Castilhos Fernandes
  • Rosa Maria Castilhos Fernandes

    Professora do Programa de Pós-Graduação do Centro Universitário La Salle (Unilasalle), Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil. Doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)



Resumo

Este artigo discorre sobre as experiências de educação permanente, vivenciadas pelos assistentes sociais brasileiros nas situações de trabalho na saúde. Ancorando-se no foco temático que articula a educação e o trabalho, apresentam-se os resultados de uma investigação que procurou desvelar as experiências educativas vivenciadas pelos assistentes sociais e sobre o quanto os espaços sócio-ocupacionais podem se constituir em um lócus de produção de conhecimentos e de formação. A preocupação, nessa trajetória investigativa, de aproximar os contextos de formação das situações do trabalho não foi pensada com base no entendimento da adaptabilidade, mas em uma aproximação crítica preocupada com os processos de educação nos coletivos de trabalho. Assim, por intermédio das narrativas que emergiram durante a realização dos grupos focais realizados no processo de investigação com os assistentes sociais que atuam no campo da saúde coletiva de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, desvenda-se o processo educativo que existe na prática desses profissionais na política de saúde.

Palavras-chave

situações de trabalho,
saúde,
educação permanente,
assistente social

Download


Métricas

  • Visualizações - 21

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio