A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.
Chokniti Khongchum/Pixabay

Trajetória da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde no Brasil

  • Josefa Maria Jesus
  • Waldecy Rodrigues
  • Josefa Maria Jesus

    Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Departamento de Gestão da Educação na Saúde, Brasília, DF

    https://orcid.org/0000-0003-0613-4168

    Waldecy Rodrigues

    Universidade Federal do Tocantins, Programas de Pós-Graduação em Gestão de Políticas, Desenvolvimento Regional e Modelagem Computacional, Palmas,



Resumo

A Política Nacional de Educação Permanente em Saúde estabelece como pressuposto a centralidade nos processos de trabalho para nortear as atividades de qualificação dos trabalhadores da saúde. O presente estudo tem por objetivo discutir a trajetória de institucionalização da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde de acordo com a percepção dos atores representativos dessa política pública (gestores federais, gestores estaduais e municipais, e pesquisadores), considerando os 16 anos de sua institucionalização até o ano deste estudo (2004–2020). Trata-se de pesquisa qualitativa, com a aplicação do método Delphi. Os resultados obtidos mostraram que a Política se encontra frágil quanto à sua implantação. No que se refere aos impactos, constatou-se que ela oportunizou o estreitamento da relação entre os serviços de saúde e as instituições de ensino, e promoveu mudanças significativas nos processos de trabalho em equipe, independentemente da sua composição.

Foto: Chokniti Khongchum/Pixabay

Palavras-chave

Educação permanente,
Processo de trabalho,
Método Delphi

Download


Métricas

  • Visualizações - 543

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio