A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

A importância do PET-Saúde para a formação acadêmica do enfermeiro

  • Fátima Raquel Rosado Morais
  • Graciella Madalena Lucena Jales
  • Maria Jaqueline Carlos da Silva
  • Sâmara Fontes Fernandes
  • Fátima Raquel Rosado Morais

    Professora da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FAEN/UERN), Mossoró, Rio Grande do Norte, Brasil. Doutora em Psicologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

    Graciella Madalena Lucena Jales

    Aluna não-bolsista do PET-Saúde. Graduanda da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FAEN/UERN)

    Maria Jaqueline Carlos da Silva

    Aluna bolsista do PET-Saúde. Graduanda da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FAEN/UERN)

    Sâmara Fontes Fernandes

    Aluna não-bolsista do PET-Saúde. Graduanda da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FAEN/UERN



Resumo

O Programa de Educação para o Trabalho na Saúde (PET-Saúde) é uma estratégia associada ao Pró-Saúde que preconiza ações para a transformação da formação profissional em saúde, mediante maior integração entre ensino, serviço e comunidade. Neste trabalho, objetiva-se relatar, com base nas vivências dos acadêmicos de enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, o papel do PET-Saúde no processo de formação do enfermeiro. As ações desenvolvidas, dinâmicas como bricolagem, atividades em grupo, dramatizações, vídeos, músicas, entre outras, articulavam ensino, pesquisa e extensão e estimularam a reflexão da formação do enfermeiro, provocando um novo olhar para a conformação dos saberes e práticas cotidianas. Por sua vez, as interações estabelecidas estimularam a troca de conhecimentos, a interdisciplinaridade e a postura crítica e reflexiva dos mediadores desse processo. Essas práticas contribuíram para uma formação diferenciada dos futuros enfermeiros, uma vez que enfatizavam os princípios do Sistema Único de Saúde e as necessidades da população. Estratégias como essas devem ser estimuladas e potencializadas, na perspectiva de contribuir para a formação e as práticas em saúde, tornando os trabalhadores conscientes e engajados com as necessidades cotidianas da saúde da população.

Palavras-chave

PET-Saúde,
formação profissional,
enfermagem

Download


Métricas

  • Visualizações - 3

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.