A Trabalho, Educação e Saúde (TES) é uma revista científica em acesso aberto, editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz.

A educação a distância no contexto da política nacional de saúde da pessoa idosa: estudo de egressos



Resumo

A pesquisa que deu origem a este artigo teve como objetivo analisar a efetividade de um curso sobre envelhecimento na implementação da Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa com base na percepção dos profissionais de saúde egressos. Aplicou-se questionário eletrônico autorrespondido por 414 de 1.561 egressos da primeira à terceira ofertas do curso, de julho a outubro de 2015. A variável-desfecho para medir a efetividade do curso foi a declaração de melhora no desempenho dos profissionais egressos em pelo menos cinco de dez atividades relacionadas à saúde do idoso previstas na referida política. Houve melhora na realização de todas essas atividades, com variação de 1,3 a 2,6 vezes mais quanto ao pré e ao pós-curso. Formação profissional, tempo de trabalho com saúde do idoso e implementação prática do aprendizado obtido no curso foram os aspectos que explicaram de modo mais justo a melhora nas atividades da política (via modelo de regressão logística multivariada). O estudo procurou reforçar a importância da educação permanente como ferramenta para formação/capacitação dos profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde, tendo se mostrado uma efetiva estratégia para implementação de atividades da mencionada política destinada à pessoa idosa.

Palavras-chave

saúde do idoso,
educação a distância,
educação permanente

Download


Métricas

  • Visualizações - 134

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Copyright (c) 2022 Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio